O legado BH Rugby

Por: Daniel Alejandro Marolla

pumas 2Fazia muito tempo que eu não escrevia no site do nosso clube, mas, nos últimos dias, teve um acontecimento que me motivou a voltar a passar meus sentimentos para ficarem na história do BHR.

Primeiramente, porque um dos envolvidos é um dos fundadores do clube e um dos caras mais queridos de esta família de loucos, e, segundo, porque esses momentos vividos me deixam tão feliz como quando eu estive no estádio de Vélez Sarsfield para a partida entre Pumas e All Blacks, em 2006, com João Becker, Igor Michalick, Horacio Aguirre e Alessandro Travassos.

Helio Carvalho Neto, mais conhecido como Helinho, Mem, Desmo, e etc, é um dos ideólogos, um dos sócios fundadores e uma das pessoas mais queridas dentro e fora do nosso clube. Um desses personagens que deixam tudo muito mais divertido e com seu eterno sorriso no rosto nos faz acreditar que todos somos importantíssimos e imprescindíveis para a vida da nossa Associação Belo Horizonte Rugby Clube.

helio

Hoje estou citando o nosso Helinho, pois ele foi um dos bhrugbiers que nos representou, no dia 27/09/2014, na partida entre Pumas e All Blacks, válida pelo The Rugby Championship, acompanhado de 05 jovens formados na base de nosso time e um maluco que sempre foi BH Rugby.

DCF 1.0

Quando estes meninos entraram no BH Rugby, como a maioria que entra neste clube, lhes foram ensinados os objetivos do clube na formação de atletas, e eles aceitaram as obrigações impostar para que fossem parte e pudessem representar da melhor maneira o BH Rugby.

“… e se por algum motivo vocês forem embora deste clube, pelo motivo que for, e não aprenderam a jogar, mas aprenderam a respeitar, o nosso objetivo como instituição estará cumprido…”

Hoje, por diversos motivos, cada um seguiu a sua vida. Uns por planos de carreira, outros por terem se mudado de cidade, outros por motivos pessoais, etc. Cada um continua sua vida, cada um procura seu futuro da sua forma e todos levam, à sua maneira, o blanco y negro em seu coração.

pumas1

E este é o ponto onde este pseudo escritor de sentimentos queria chegar. Hélio é de uma geração pioneira, que apostou num esporte que ninguém conhecia e hoje quer formar seu filho menor de 8 anos, o nosso Miguelito, nesta cultura por ele criada, junto com 5 moleques, que levam o legado deste humilde clube da capital mineira e do rugby, talvez, a todos as áreas de suas vidas.

pumas 4

pumas 3

Arthur Pitchon, Bernardo Faccion, Daniel Baeta, Daniel Monteiro e Vitor Azevedo foram formados na base do BH Rugby; Renato Terozendi, o Jacaré, é um desses corações especiais que sempre se encaixam em qualquer grupo de pessoas pelo seu carisma especial; e Dom Helio Carvalho Neto, um dos formadores desses meninos, nos representaram no país dos hermanos e levaram com eles o respeito e a amizade, duas obrigações indispensáveis num clube que continua a crescer e formar amigos.

“E o nosso objetivo como instituição, mais uma vez, está cumprido.”

EM by BH Rugby | BH Rugby

comentários